Corpo Docente

  • Águida Aparecida de Oliveira

 

Formação Acadêmica:

Técnica Agrícola pelo Colégio Técnico da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) (2002)

Médica Veterinária pela UFRRJ (2008)

Mestre em Ciências Veterinárias e Doutora em Ciências Veterinárias pela UFRRJ (2010 e 2014)

Residente de Diagnóstico Microbiológico pela UFRRJ (2017)

 

Disciplinas Ministradas:

Graduação:

Micologia Veterinária (IV-220), Micotoxicologia (IV-222), Micotoxinas (IV-226), Microbiologia Básica II (IV-243), Microbiologia Geral (IV-217)

 

Local de Atividade:

Laboratório de Micologia Clínica, Sala 78 do Instituto de Veterinária.

Laboratório de Micotoxicologia – sala 9 e sala 42 do anexo I do Instituto de Veterinária

 

Atividades desenvolvidas:

Diagnóstico Micológico e Micotoxicológico de produtos destinados a alimentação animal e humana.

 

Linhas de pesquisa:

Isolamento e Identificação de Fungos Toxígenos contaminantes de produtos vegetais, alimentos e rações destinadas à alimentação humana e/ou animal.

Micotoxinas e Micotoxicoses: otimização de metodologias de detecção e quantificação de micotoxinas em produtos vegetais, alimentos e rações para o diagnóstico de micotoxicoses em humanos, animais de criação, de companhia e de trabalho.

Prevenção e Controle de Micotoxicoses: testar a capacidade in vitro da utilização de extratos vegetais na inibição do crescimento fúngico e da produção de micotoxinas.

 

Link do Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/5161284526947642

 

 

 

  • Carlos Zarden Feitosa de Oliveira

 

Formação Acadêmica: Graduação em Medicina Veterinária (UFRRJ), Mestrado em Medicina Veterinária Preventiva (UFRRJ), Doutorado em Medicina Veterinária (UFF).

 

Disciplinas Ministradas: Bacteriologia Veterinária e Microbiologia Geral.

 

Local de Atividade: Instituto de Veterinária (UFRRJ), Departamento de Microbiologia e Imunologia Veterinária (DMIV).

 

Atividades desenvolvidas: Orientação de alunos de graduação em programas de estágio obrigatório e iniciação científica, colaborador do Programa de Pós-graduação em Pesquisa Clínica em Doenças Infecciosas na Disciplina de Zoonoses, Revisor do periódico Brazilian Journal of Microbiology, Vice-chefe do Departamento de Microbiologia e Imunologia Veterinária.

 

Linhas de pesquisa: Diagnóstico e controle da tuberculose bovina no Rio de Janeiro, Suscetibilidade antimicrobiana de agentes bacterianos em infecções mistas.

 

Link do Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/3418539247656764

 

 

 

  • Danielle de Oliveira Nascimento

 

Formação Acadêmica:

Bióloga , Mestre em ciências biológicas e Doutora em biologia celular e molecular

 

Disciplinas Ministradas:

Imunologia veterinária (IV – 218) e Imunobiologia (IV – 224)

 

Local de Atividade:

Instituto de Veterinária

 

Atividades desenvolvidas:

Professora, Extensão, Pesquisa.

 

Linhas de pesquisa:

Caracterização estrutural e efeitos imunomoduladores da glicoinositolfosforilceramidas (gipc) de Sporothrix brasiliensis

 

Link do Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/7254526945220214

 

 

 

 

  • Debora Decote Ricardo de Lima

Formação Acadêmica:

Graduação: Bacharelado e Licenciatura em Ciências Biológicas Universidade Gama Filho

Mestrado: Curso de Pos- Graduação em Biologia Parasitária (área de concentração: Imunologia) Fundação Oswaldo Cruz

Doutorado: Curso de Pos- Graduação em Microbiologia – Universidade Federal do Rio de Janeiro

 

Disciplinas Ministradas:

Graduação: Imunologia Básica IV-242, Imunologia Veterinária IV-218, Bases da Imunologia Clínica IV-246, Programa de Aprendizagem Prática em Microbiologia AA064

Pos-Graduação: Imunopatologia das Doenças Parasitárias. IV – 122146

 

Local de Atividade:

Laboratório de Imunologia e Virologia

 

Atividades desenvolvidas:

Desenvolvo pesquisa científica em modelos in vitro (diferentes linhagens celulares murinas, caninas E humanas) e in vivo no modelo murino. O intuito das pesquisas desenvolvidas é responder perguntas

Relativas ao funcionamento do sistema imunitário frente a doenças inflamatórias e parasitárias. Muitas das técnicas desenvolvidas em nosso Laboratório foram desenvolvidas e adaptadas

por nossos alunos

Linhas de pesquisa:

Temos três linhas de pesquisa que norteiam nosso trabalho. São elas:

1) Estudo da modulação da resposta inflamatória utilizando células do sistema imunitário que desempenham essa função. Contribuindo para o desenvolvimento de estratégias de imunoterapia.

2) Avaliação da imunomodulação de doenças autoimunes por células do sistema imunitário e por moléculas isoladas de fungos.

3)Análise da atividade tripanocida de novos compostos naturais e sintéticos e sua associação com Benznidazol.

 

Link do Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/3572066508469025

 

 

  • Debora Regina Lopes dos Santos

 

Formação Acadêmica:

Graduação em Ciências Biológicas na Universidade Federal do Rio de Janeiro

Mestrado em Biologia Parasitária no Instituto Oswaldo Cruz – Fiocruz

Doutorado em Biologia Parasitária – Instituto Oswaldo Cruz – Fiocruz

Pós-Doutorado no Instituto Aggeu Magalhães – Fiocruz/PE

 

Disciplinas Ministradas:

Graduação:

Virologia Veterinária

Microbiologia básica

Introdução à Virologia Médica

Virologia Ambiental

Cineciência

 

Local de Atividade:

Laboratório de Imunologia e Virologia Veterinária

 

Atividades desenvolvidas:

Implementação de metodologias de biologia molecular para vírus veterinários, humanos e circulantes no ambiente.

 

Linhas de pesquisa:

Epidemiologia molecular com ênfase em Virologia

 

Link do Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/1083828182610608

 

 

  • Francisco de Assis Baroni

Formação Acadêmica:

Graduação: Medicina Veterinária – UFRRJ

Mestrado : UFRRJ

Doutorado : Universidade de São Paulo

Pós-Doutorado: Universidade de São Paulo

 

Disciplinas Ministradas:

Graduação: Micologia Veterinária – IV 220

Microbiologia Geral – IV 217

Microbiologia Básica II – IV 243

 

Pós-Graduação: Diagnóstico Laboratorial das Micoses – IV 1343

Residência:  Diagnóstico Laboratorial das Micoses – IV 1343

 

Local de Atividade:

Laboratório de Leveduras Patogênicas e Ambientais – DMIV

 

Atividades desenvolvidas:

Atualmente vem sendo desenvolvidos três pesquisas, a primeira acerca da virulência de isolados fúngicos da cavidade oral de cães dentro do projeto “ Virulência in vitro de componentes da micobiota oral de cães”, uma segunda mais ampla acerca do microbioma da cavidade oral de cães e de seus tutores (projeto: Microbioma da cavidade oral de cães e de seus tutores – Identificação fenogenotípica e proteômica da micobiota, sensibilidade a antifúngicos e virulência). Uma terceira pesquisa trata do efeito de extratos brutos alcoólicos ou aquosos de plantas sobre fungos patogênicos dentro do projeto: “Sensibilidade de Fungos Patogênicos a Extratos Brutos Aquosos e Alcoólicos de Plantas Consideradas Medicinais”. Paralelamente a estes três projetos, há atividades de pesquisa paralelas como o isolamento de fungos filamentosos e leveduriformes de areia de praia. Estes são trabalhos em andamento.

Os trabalhos já desenvolvidos incluem:

– Isolamento e caracterização de Cryptococcus neoformans de excretas de aves em lojas de animais do município de Rio de Janeiro – RJ

– Identificação Fenotípica e Genotípica de Malassezia spp Isoladas de Otites de Cães e Gatos e Detecção da Patogenicidade e Sensibilidade a Antifúngicos “in vitro”
– Avaliação da Virulência “in vitro” de Isolados Clínicos e Ambientais de Fungos Dermatófitos
– Caracterização fenogenotípica e sensibilidade a antifúngicos de isolados clínicos veterinários do complexo Sportothrix schenckii
– Identificação, quantificação e virulência de leveduras isoladas da região cérvico-vaginal de cadelas

-Utilização de fungos filamentosos no biocontrole do escorpião amarelo – Tityus serrulatus Lutz & Mello, 1922 (Scorpiones, Buthidae)

– Detecção de leveduras no trato reprodutivo de vacas e em palhetas de sêmen comercial congelado utilizados em propriedade leiteira

– Detecção de Cryptococcus neoformans em baratas (Periplaneta americana) recolhidas de ambientes públicos

– Avaliação da virulência “in vitro” de Candida spp isoladas de orofaringe de avestruzes (Struthio camelus)

– Avaliação de métodos de identificação de leveduras do gênero Candida (Berkhout, 1923) e determinação da virulência in vitro de isolados de origem humana e animal

Linhas de pesquisa:

FENÓTIPOS DE LEVEDURAS DO MEIO AMBIENTE

Objetivo: Pesquisa da presença de leveduras patogenicamente importantes nos diversos ambientes e a possível interação de microrganismos que podem tornar-se emergentes em casos clínicos de animais.

MICOBIOTA DE ANIMAIS DOMÉSTICOS E SILVESTRES

Objetivo: Determinar a micobiota colônica das superfícies corporais, das mucosas oral e vaginal, ocular, do conduto auditivo e demais sítios anatômicos de várias espécies animais, incluindo as silvestres.

VIRULÊNCIA DE LEVEDURAS PATOGÊNICAS E DE FUNGOS DIMÓRFICOS

Objetivo: Determinar, em nível laboratorial, o grau de virulência de leveduras e de fungos dimórficos isolados de casos clínicos, incluindo aqueles considerados como causadores de micoses emergentes

 

Link do Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/5867622389423137

 

  • Glória Maria Direito

Formação Acadêmica:

Graduação em Medicina Veterinária – UFRRJ,

Mestrado em Patologia Animal – UFRRJ,

Doutorado em Microbiologia – UFRRJ

 

Disciplinas Ministradas:

GraduaçãoMicologia Veterinária (IV220), Microbiologia Geral (IV 217), Micotoxinas (IV 226) e Micotoxicologia (IV 222)

 

Local de Atividade:

Laboratórios de aulas práticas, salas 86 e 88, do IV e salas 14, 42 e 41-39 do Anexo 1

 

Atividades desenvolvidas:

Determinação da presença de fungos produtores de micotoxinas e análises para a determinação de micotoxinas em alimentos destinados ao consumo animal e humano.

Análises de micotoxinas em tecidos e fluidos biológicos.

Linhas de pesquisa:

Micotoxinas em alimentos para consumo animal e humano;

Biomaracadores de exposição à fumonisinas

 

Link do Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/7372929468876183

 

 

  • Irene da Silva Coelho

Formação Acadêmica:

– Graduação em Agronomia (2003) pela Universidade Federal de Viçosa (UFV)

–  Mestrado (2005) e Doutorado (2008) em Microbiologia Agrícola pela UFV

 

Disciplinas Ministradas:

Graduação:

– Microbiologia geral – IV217

– Microbiologia ambiental – IV244

– Introdução à biotecnologia – IV229

 

Pós-graduação

– Técnicas baseadas em ácidos nucléicos para análise da diversidade microbiana –  IV1444

– Seminário em ciência do solo – IA-1306I

– Seminário em ciência do solo – IA-1306II

– Seminário II – T01  IV-4445

Local de Atividade:

Laboratório de Diversidade Microbiana (Prédio Anexo I do Instituto de Veterinária)

 

Atividades desenvolvidas:

Utilização de técnicas moleculares para análise da diversidade microbiana em ambientes agrícolas e detecção de genes de resistência a antimicrobianos

Linhas de pesquisa:

Atua no tema: Diversidade microbiana e resistoma em ambientes de produção agrícola

Link do Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/2191695584157582

 

  • Lidiane de Castro Soares

Formação Acadêmica:

Ciências Biológicas – Licenciatura e Bacharelado (UFRRJ);

Mestrado- Microbiologia Veterinária (UFRRJ);

Doutorado: Ciências Veterinárias (UFRRJ);

 

Disciplinas Ministradas:

Graduação: Microbiologia Geral; Bacteriologia Veterinária; Microbiologia Básica I

 

Local de Atividade:

Laboratório de Bacteriologia Clínica (Sala 76, Instituto de Veterinária).

LABAC- VET (Salas 70 e 72, Instituto de Veterinária)

 

Atividades desenvolvidas:

Implantação da Coleção de Cultura Bacteriana Isolada de Ambientes de Produção, Manutenção e Hospitalar Animal com Perfil de Resistência e Virulência de Interesse em Medicina Veterinária e Saúde Pública.

 

Linhas de pesquisa:

Atua na análise  feno-genotípica da resistência antimicrobiana e dos fatores de virulência de agentes bacterianos em ambientes de produção, manutenção e hospitalar animal com abordagem em Saúde Única.

Link do Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/7426431710199990

 

 

  • Lucia Helena Pinto da Silva

Formação Acadêmica:

2000 – 2004

Doutorado em Ciências (Microbiologia) (Conceito CAPES 7). Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.Título: Metaciclogênese de Leishmanias do Novo Mundo, Ano de obtenção: 2004.
Orientador: Elvira Maria Saraiva Chequer Bou-Habib.Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.

Durante o Doutorado passou 03 meses no National Institute of Health, Bethesda, USA sob a supervisão do Dr. Leonid Margolis para ser treinada no cultivo de tecido linfoide ex-vivo.

 

1997 – 2000

Mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica) (Conceito CAPES 7). Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.Título: Metaciclogênese in vitro de Leishmania amazonensis. Estudo comparativo com Leishmania major.,Ano de Obtenção: 2000.Orientador: Elvira Maria Saraiva Chequer Bou-Habib.

1996 – 1997

Aperfeiçoamento em Ciências Biológicas.Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.Título: Obtenção e caracterização de amastigotas axênicos. Ano de finalização: 1997.Orientador: Elvira Saraiva.Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

1992 – 1996

Graduação em Ciências Biológicas.Universidade Gama Filho, UGF, Brasil.

 

Disciplinas Ministradas:

Graduação: IV-218 – Imunologia Veterinária, IV-224 – Imunobiologia

Pós Graduação:

IV-142138 – Imunobiologia da Interação Parasito- Hospedeiro
IV-142183  TECV: Princípios do Cultivo Celular
IV-150154 Temas Especiais em Imunologia

Local de Atividade:

Laboratório de Imunologia e Virologia – IV- UFRRJ

Atividades desenvolvidas:

Pesquisa:

1.Leishmaniose: Aspectos Celulares e Moleculares da Interação Parasita X Mamíferos e Parasita X Vetor.

  1. Prospecção de Moléculas Naturais e/ou Sintéticas Bioativas em Leishmania e Avaliação do seu Efeito Imunomodulador

Extensão:

ImunoEnsinando – Sáude se constrói com Educação.

Linhas de pesquisa:

As linhas envolvem como tema central  Imunoparsitologia: o  estudo da relação parasita x vetor e formas de controle de doenças parasitárias.

A professora tem experiência em Imunoparasitologia, suas principais linhas de pesquisa abordam a interação do parasita Leishmania com hospedeiros mamíferos e vetores, atuando nos seguintes temas: Leishmaniose, apoptose, resposta imune, imunomodulação da atividade de macrófagos, avaliação de produtos naturais e sintéticos com atividades leishmanicida e imunomoduladora. Aspectos celulares e moleculares da interação parasita x vetor (modelo carrapato x Leishmania).

Link do Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/0013386072339397

 

  • Marcelo Elias Fraga

                                                       

Formação Acadêmica:

Graduação – Bacharel em Biologia – Faculdade Maria Tereza – Niteroi/RJ

Especialização – Micologia – UFPE – Recife/PE

Mestrado – Microbiologia Veterinária –  UFRRJ – Seropédica/RJ

Doutorado – Ciências Veterinária – UFRRJ – Seropédica/RJ

 

Disciplinas Ministradas:

Graduação: Microbiologia Geral, Micologia Veterinária e Biologia de Fungos

Pós Graduação – Biologia de Fungos – PPG em Fitossanidade e Biotecnologia Aplicada e Fungos de Interesse Biotecnológico – PPG em Ciências e Tecnologia

 

Local de Atividade:

Laboratório de Biologia de Fungos – DMIV – Anexo I do Instituto de Veterinária – UFRRJ

Laboratório de Fitopatologia – Departamento de Fitopatologia e Entomologia – ICBS – UFRRJ

Departamento de Solos – IA – UFRRJ

Departamento de Tecnologia de Alimentos – IT – UFRRJ

Atividades desenvolvidas:

O Laboratório de Biologia de Fungos vem realizados pesquisas direcionados na bioprospecção de fungos de interesse biotecnológicos, assim como estudos voltados para taxonomia de fungos com ênfase em fungos do toxígenos, fungos do solo e fungos produtores de enzimas de interesse biotecnológicos.

Linhas de pesquisa:

Taxonomia de fungos

Bioprospecção de fungos de interesse biotecnológico

 

Link do Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/2870225310866138

 

  • Miliane Moreira Soares de Souza

 

Formação Acadêmica: Médica Veterinária – UFRRJ

Mestre em Microbiologia Veterinária – UFRRJ

Doutorado em Ciências Veterinárias – UFRRJ

Pós-Doutorado em Genética Microbiana – UNRC

 

Disciplinas Ministradas: 

Graduação:

Bacteriologia Veterinária

Microbiologia Básica

Bioética e Bem-Estar Animal

 

Pós-Graduação:

TECV-Diagnóstico Bacteriológico em Saúde Animal

Local de Atividade:

Departamento de Microbiologia e Imunologia Veterinária – DMIV/IV

Atividades desenvolvidas:

 Tutoria na Residência em Medicina Veterinária

Orientação de Iniciação Científica, Mestrado e Doutorado

Atividades Administrativas concernentes à Direção do Instituto de Veterinária

Coordenação do Projeto de Ações Integradas – Controle Populacional e Guarda Responsável

 

Linhas de pesquisa:

Resistência Antimicrobiana em Ambientes de Produção, Manutenção e Cuidados Clínicos Animais

Link do currículo Lattes:  http://lattes.cnpq.br/0865211214618618

 

 

  • Sergio Gaspar de Campos

Formação Acadêmica: Graduação em Medicina Veterinária, UFRRJ, Mestrado em Patologia Clínica, UFRRJ, Doutorado em Ciências, Área de Micologia e Micotoxicologia

Disciplinas Ministradas:

Graduação: Microbiologia Geral, Microbiologia Básica II e Micologia Veterinária.

Pós-graduação: Seminários, Micologia e Micotoxicologia.

 

Local de Atividade:

Laboratório de Micologia Clínica, Sala 78 do Instituto de Veterinária.

 

Atividades desenvolvidas:

Orientação dos Residentes em Diagnóstico Microbiológico Veterinário, realização de microscopia e isolamento de microrganismos para aulas práticas e diagnóstico microbiológico

Linhas de pesquisa:

Micologia Veterinária e Micotoxicologia.

 

Link do Currículo Lattes: HTTP://lattes.cnpq.br/0506578720756150

 

 

  • Shana de Mattos de Oliveira Coelho

Formação Acadêmica:

Doutorado em Ciências Veterinárias. Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, UFRRJ, Seropédica, Brasil .

Período Sanduíche na Universidad Nacional de Rio Cuarto-Argentina.

Mestrado em Microbiologia Veterinária. Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, UFRRJ, Seropédica, Brasil .

Graduação em Ciências Biológicas Bacharelado. Universidade de Vassouras, FUSVE, Vassouras, Brasil.

Disciplinas Ministradas:

Graduação:

Microbiologia Geral – Teórico e Prática

Microbiologia Básica I – Teórico e Prática

Programa de Aprendizagem Prática em Microbiologia

Pós Graduação (Curso de Ciências Veterinárias):

Seminários I

Seminários II

Tópico Especial: “Leitura interpretativa do teste difuso em disco em enterobactérias produtoras de betalactamases”

Local de Atividade: Laboratório de Bacteriologia Veterinária

Atividades desenvolvidas:

Orientação da pesquisa fenotípica e genética na busca por mecanismos de resistência bacteriana considerando o aspecto de saúde única.

Linhas de pesquisa:

Mecanismos de resistência e virulência em bactérias de importância na saúde animal e humana

Produção de betalactamases de amplo espectro em enterobactérias provenientes de animais, humanos e meio ambiente

Link do Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/3212438357088121

 

 

  • Sieberth do Nascimento Brito

 

Possui graduação em Medicina Veterinária pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (1989) , especialização em Virologia (1990) e mestrado em Ciências (Microbiologia)(1995), ambos pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Em 2003 obteve o “Diplôme dEtudes Approfondies” (DEA) em Microbiologia pela Universidade de Paris XI. É professor assistente de Virologia e Microbiologia na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.

Link do currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/8850738428452899

 

 

 

 

 

 

Últimas Notícias

mais notícias